Paramore BR


Publicado por Renan Baiocco, arquivado em PODCAST.

paracast #5.fw
Depois de mais de 9 meses, o PARACAST está de volta! A segunda edição de 2014 do nosso podcast aborda rapidamente sobre os acontecimentos da banda depois do nosso último PARACAST e especialmente sobre os shows do Paramore no Circuito Banco do Brasil (com participação especial das fãs Aline e Thaís, que subiram no palco com a banda no festival). Ouça:

 

Publicado por Lucas Kaique, arquivado em Paramore - Self Titled.

Sem títuloParamore divulgou nesta tarde, 19, a lista de faixas do “The Paramore: Self-Titled Deluxe”, versão estendida do quarto álbum de estúdio da banda. Além da nova versão de “Hate To See Your Heart Break” em colaboração com a cantora Joy Williams, o álbum incluirá a demo “Tell Me It’s Okay”, de 2012, as faixas bônus “Escape Route” e “Native Tongue”, e ainda oito faixas de gravações ao vivo da MONUMENTOUR na arena Red Rocks, em Morrison. Confira abaixo a lista de faixas:

1. Fast In My Car
2. Now
3. Grow Up
4. Daydreaming
5. interlude: Moving On
6. Ain’t It Fun
7. Part II
8. Last Hope
9. Still Into You
10. Anklebiters
11. interlude: Holiday
12. Proof
13. Hate To See Your Heart Break
14. (One Of Those) Crazy Girls
15. interlude: I’m Not Angry Anymore
16. Be Alone
17. Future
18. Hate To See Your Heart Break feat. Joy Williams
19. Escape Route (Bonus Track)
20. Native Tongue (Bonus Track)
21. Tell Me It’s Okay (Self-Titled Demo)
22. Still Into You (Live at Red Rocks)
23. Decode (Live at Red Rocks)
24. The Only Exception (Live at Red Rocks)
25. Brick by Boring Brick (Live at Red Rocks)
26. Let the Flames Begin (Live at Red Rocks)
27. Part II (Live at Red Rocks)
28. Proof (Live at Red Rocks)
29. Ain’t It Fun (Live at Red Rocks)

O álbum será lançado na próxima segunda-feira, dia 24 de novembro.

Publicado por Renan Baiocco, arquivado em Notícias.


Steve Aoki, músico americano de electro house, produtor e fundador da Dim Mak Records e atualmente o oitavo melhor DJ do mundo, mencionou a Hayley no Twitter dizendo que gosta muito da voz dela e propondo uma parceria com a cantora. Confira os tweets e suas traduções:

Screenshot_1

Steve Aoki: Eu amo a sua voz pra caramba.
Hayley: Ahh, obrigada!!
Steve Aoki: Eu adoraria trabalhar com você no futuro! Me mande uma DM!

Publicado por Lívia Rocha, arquivado em Hayley Williams, Matérias.

24
O site Nerdist.com listou 5 motivos pelos quais a Hayley merece receber o Billboard Trailblazer Award, fazendo uma volta ao passado e acompanhando as conquistas da cantora e da banda durante toda a carreira. Confira:

No dia 12 de dezembro, a Billboard vai realizar o Women In Music Awards e, juntamente à cantora Ariana Grande e Idina Menzel, o evento terá Hayley Williams, do Paramore com o primeiro Trailblazer Honor da história.

Nosso primeiro pensamento foi “Sim, é isso aí!

Segundo, fomos submersos por razões para justificar o quanto esse prêmio é merecido. E como é impossível guardar essas razões pra gente, nos permita compartilhar os TOP 5 motivos do por que Hayley é uma tremenda pioneira.

1. A menina só tem 25 anos e alcançou mais do que a maioria dos músicos conseguem em toda vida.

Quando Paramore lançou seu primeiro álbum, “All We Know Is Falling“, Williams só tinha 16 anos. Seu pai era o empresário e ela viajou pelo mundo todo – muitas, muitas vezes! – e começou assim. E mais, mesmo sendo pequenininha, ela consegue fazer head-bang como gente grande.

2. Ela escreve hinos que inspiram garotas de todas as idades.

Quando uma jovem manipuladora tentou espantar seu namorado, Williams não ficou brava. Ela se vingou através de “Misery Business“, a cruel canção que rendeu a mais alta posição da banda nos charts até a data. (Em 2014, “Ain’t It Fun” tomou o lugar).

3. Que voz!

Seu alcance vocal e versatilidade de tons é inigualável. Uma hora, sua voz tem a força de uma tapa nas costas que machuca, como em “Ignorance“. Mas ela também consegue cantar com suavidade, como se tivesse se desculpando pelo ocorrido acima. Ouça “The Only Exception” e você entenderá o que estou falando.

4. Seu estilo. Oh, e já falamos sobre o estilo dela?

É preciso uma verdadeira fashionista para usar os looks com os quais Hayley arrasou no passar dos anos. Por exemplo, nem todos conseguem se safar com um cabelo de dois tons rosa e um top combinando com calções de boxe ou de ciclista. Portanto, não importa de você acha que ela deve ficar na lista dos melhores ou dos piores vestidos, ela é soberana com qualquer roupa.

5. Ela é um exemplo no punk-rock.

Williams é uma das únicas estrelas que conseguiu se manter ousada sem se manchar. Ela é espirituosa sem ter que pregar uma religião e é uma feminista que não precisa se orgulhar disso vestindo uma camiseta patrocinada.

Em outras palavras, nós a saudamos, Srta. Hayley Williams. Você ajuda o mundo da música a ser um lugar melhor.

Fonte
Tradução e adaptação: Equipe do Paramore BR

Publicado por Redação, arquivado em Paramore - Self Titled.

Sem título
Paramore anunciou uma das novidades presentes na versão deluxe do álbum “Paramore“, que será lançado dia 24 deste mês: A faixa “Hate To See Your Heart Break” ganhará uma nova versão, que contará com a participação especial da cantora Joy Williams! Veja a capa da faixa divulgada pela banda em suas redes sociais:

B2qxo7pIMAEvn_l

Joy Williams é uma cantora e compositora americana, foi vocalista da banda The Civil Wars e venceu de 4 Grammy Awards.

Publicado por Renan Baiocco, arquivado em Hayley Williams, Matérias, Premiações.


Hayley Williams será a primeira pessoa na história a receber um Billboard Trailblazer Award, prêmio dedicado à artista que “não tem medo de sair do convencional para fazer uma marca única na música e preparar o caminho para outros talentos.” Confira a matéria publicada no site da Billboard:

Hayley Williams, do Paramore, será a primeira homenageada com prêmio Billboard Trailblazer Award, nova categoria do Billboard Women in Music Awards. A vocalista se junta a Taylor Swift, Ariana Grande e Idina Menzel no evento que acontece no dia 12 de dezembro, em Nova York.
Taylor Swift será homenageada com o prêmio Woman of the Year, Ariana Grande recebe o prêmio Rising Star e Idina Menzel fica com o Breakthrough Artist of the Year. O prêmio que Williams receberá, o Trailblazer Award, homenageia a artista feminina de destaque que não tem medo de sair do convencional para fazer uma marca única na música e preparar o caminho para outros talentos.
Eu lembro da época em que eu era motivo de piada por fazer as coisas de uma maneira diferente. E agora eu estou recebendo um prêmio por isso? Isso é demais. Eu estou muito animada,” diz Williams. “Há mulheres nessa indústria que, assim como eu, derrubaram paredes em busca daquilo que acreditam. Eu quero ser que nem essas garotas no futuro. Eu mal posso esperar por esse evento no mês que vem para dar um high five em algumas das minhas irmãs na música.
Com o Paramore, Hayley atingiu 4 vezes o Billboard 200 Album Chart, incluindo o Self-Titled esse ano, que se tornou o primeiro número 1 do Paramore, em abril. Eles também invadiram o Top 10 do Hot 100 com a faixa “Ain’t It Fun“. Williams colaborou com B.o.B. em 2010 na faixa Airplanes, que se tornou hit e também com Zedd, em Stay the Night.
Pioneiros como Hayley Williams são excitantes de ver, porque eles gostam de riscos, por isso, temos o prazer de honrar sua criatividade e sucesso neste ano,” disse Janice Min, co-presidente e diretora de criação da Entertainment Group do Guggenheim de mídia, que consiste em Billboard e The Hollywood Reporter. “Nós assistimos o seu progresso e sua ascensão nas paradas, como solista e vocalista por vários anos e estamos ansiosos para ver o que vem à seguir.

Fonte
Tradução e adaptação: Equipe do Paramore BR

Publicado por Renan Baiocco, arquivado em Premiações.

Sem título
Paramore foi o vencedor da categoria “Melhor Banda de Rock” no Premios Telehit, premiação anual promovida pelo canal mexicano de televisão Telehit, que aconteceu no último dia 12, na Cidade do México.


O vencedor da “Melhor Banda de Rock” é: @paramore! #PremiosTelehit

Publicado por Renan Baiocco, arquivado em Anúncios.

Sem título
Paramore anunciou na tarde de hoje, 12, que lançará o “The Paramore: Self-Titled Deluxe“, versão “deluxe” do quarto álbum de estúdio da banda, “Paramore“. O álbum contará com 29 faixas no total, sendo 17 já existentes na versão normal e 12 faixas bônus, incluindo: Hate To See Your Heart Break com participação especial de Joy Williams; “Tell Me It’s Okay”, faixa inédita, de 2012, em versão demo e músicas ao vivo do show no Red Rocks, em Morrison, durante a MONUMENTOUR. O álbum será comercializado apenas digitalmente. Confira o tweet do anúncio:

 


Clique aqui para conferir a tracklist completa do “The Paramore: Self-Titled Deluxe”, que será lançado no próximo dia 24!

Publicado por Renan Baiocco, arquivado em Festivais, Paramore no Brasil.

Sem título
Paramore foi a penúltima atração da última noite da etapa de 2014 do festival Circuito Banco do Brasil, que aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, no último dia 8. A banda agitou um público de aproximadamente 21 mil pessoas por um pouco mais de 1 hora, onde apresentaram 14 músicas. Assim como no CBB de SP e na maioria dos shows do Paramore, a banda chamou no palco uma fã da plateia para cantar uma parte de “Misery Business“. A fã chamada foi Thaís, que se desequilibrou no palco e acabou caindo, o que levou Hayley, Jeremy e Taylor a se deitarem no palco com ela. Confira abaixo fotos e vídeos do último show de 2014 do Paramore:

FOTOSCircuito Banco do Brasil @ Praça da Apoteose, Rio de Janeiro – Brasil (08/11)

10295279_691105591004706_7112020696237065837_o.jpg 1399826_691105551004710_3391638784684800166_o.jpg 10700562_691105664338032_6405255749758310421_o.jpg 10679711_691105554338043_994678084018495670_o.jpg 10486819_691116484336950_3703930504129142316_o.jpg

SETLIST + VÍDEOS:

Still Into You
That’s What You Get
For a Pessimist, I’m Pretty Optimistic
Ignorance
Pressure
Decode
The Only Exception
Last Hope
Brick by Boring Brick
Misery Business
Let the Flames Begin
Part II
Proof
Ain’t It Fun

Entre as músicas “For a Pessimist, I’m Pretty Optimistic” e “Ignorance“, Hayley reclamou do fato de só ela aparecer no telão do festival:

“Começarei comigo pois eu juro que eu sou a menos importante…  Por favor, olhem aqui, na guitarra, aqui, esse é o Taylor! Vamos por aqui, por aqui, pessoal… Vamos lá, cameraguy! Me siga por todos os lugares, continue vindo, este é o Jeremy Davis, pessoal! Ah.. Ainda em mim, ainda em mim.. Está tudo bem.. É só o show da Hayley mesmo.. Que diabos é isso? Ah, olha o Aaron, Aaron diga olá… Às vezes acontece da câmera filmar ele também.. E agora por último mas não menos importante eu quero que vocês virem-se e vejam ao redor de vocês, olhem pra vocês. Vocês são o Paramore. Certo, durante o resto deste show, não prestem atenção no que acontece no telão, ok? Vamos lá, essa música se chama Ignorance.”

Publicado por Redação, arquivado em Entrevista, Taylor York.

14493066576_709a762389_o
A versão online do jornal O Globo publicou uma matéria e entrevista com Taylor York onde falaram sobre a volta da banda ao Brasil e o álbum “Paramore”. Confira:

RIO — Como acontece com todo artista e banda de peso que atrai o público jovem, a volta do Paramore fez alguns fãs mais desesperados acamparem com semanas de antecedência em São Paulo e na Apoteose, onde toca neste sábado pelo Circuito Banco do Brasil. Um ano e meio após a última passagem pelo país, o grupo liderado pela camaleônica Hayley Williams novamente excursiona em cima do disco homônimo de 2013.

Desde a saída dos irmãos e fundadores do grupo Josh e Zac Farro, em 2010, a banda não mudou muito sonoramente — o suficiente para incorporar novos gêneros no disco de 2013. “Paramore” chegou ao topo das paradas de vários países e recebeu boas críticas por deixar o pop punk se misturar discretamente com a disco music e o new wave. Ainda assim, há quem diga que a banda nunca conseguirá se desvencilhar da fama pela relação com o público adolescente.

— É claro que, em se tratando de pop punk, nunca é difícil encontrar semelhanças entre bandas que flertam com o estilo — avalia Taylor York, guitarrista que assumiu de vez a função com a saída dos irmãos Farro. — Tocamos com o Fall Out Boy em uma turnê pela América do Norte. Tanta gente aponta que somos iguais. Claro, quem tem boca fala o que quer. Se quiserem comparar, quem somos nós para discordar? Teve até fã nosso chamando o novo álbum de “balde de m*”.

À toda, sem cansar

Entre clássicos da carreira e sucessos do álbum, como “Still into you”, já foram mais de 160 shows apenas da “Self-Titled Tour”. E, no último ano, o Paramore intensificou ainda mais o ritmo. Entre turnês, gravaram clipes, compuseram solo e tocaram em um cruzeiro (“um monte de artistas da antigas faz isso, e também achamos o máximo”). Viraram até parte da trilha de um musical da Broadway, “Punk goes below”, sobre o gênero no século XXI. Mas negam a chegada de um novo disco.

— O pessoal é muito afobado (risos). Têm sido tempos difíceis para compor, com tantos shows ao redor do mundo. Mas tem sido muito gratificante toda a correria — aponta. — Só que um dos problemas do show business é não ter tempo de ficar mais nos locais. Sou doido para fazer asa-delta no Rio!

Mesmo com o provável frenesi dos milhares de fãs que estarão gritando com tudo no show, a banda não parece convencida de que é fácil encarar um palco com tantas outras atrações, entre elas o MGMT e os headliners Kings of Leon.

— Vai ser um desafio tocar em um festival. É como uma briga. Você tem que lutar para trazer o público para o seu lado, com uma paixão e intensidade que surpreendam fãs de outras bandas.


Paramore BR 2011 - 2014 - Direitos reservados.