Notícias - Paramore BR
Publicado por Gustavo Cândido, arquivado em Notícias, Outros Artistas.


Uma carta desenvolvida pela atriz britânica Kate Nash foi assinada por Hayley Williams e mais de 130 músicos importantes e endereçada ao Presidente Obama, ao Corpo de Engenheiros do Exército e ao Departamento de Justiça.

A causa gira em torno de um gasoduto que está sendo construído pela Energy Transfer Partners, que é devido ao transporte de petróleo de Dakota do Norte para Illinois diariamente. O problema está na possível contaminação do rio Missouri, que é a principal fonte de água da tribo local, Sioux. O governo nem se preocupou em obter a autorização dos habitantes locais e isso está gerando grandes manifestações.

“Quero escrever uma carta para os músicos assinarem, expressando o quão perturbados estão com as ações da polícia em Standing Rock”, disse ela por meio de mensagem de texto. “Nós, como comunidade musical, não devemos apoiar a polícia lá. Kate estava preocupada com a falta de cobertura da mídia, revelando que muitos de seus fãs no Reino Unido nem sequer sabiam que algo estava acontecendo.

Como artista, você tem uma plataforma e você é um líder. Em 2016 é mais importante do que nunca usar sua voz. Eu quero nos ajudar afazer parte de um futuro mais brilhante e mais positivo e gostaria de exortar outros músicos a olhar para seus heróis e ouvir suas vozes. Eles tomaram uma posição. Foi emocionante e reconfortante ver que muitas pessoas se importam com isso depois da eleição de Trump. Precisamos continuar o impulso. – Kate Nash

Confira a carta na íntegra, assinada pela Hayley.

Caro Presidente Obama, Corpo de Engenheiros do Exército e Departamento de Justiça,
Estamos escrevendo para expressar nosso choque com o tratamento das pessoas de Standing Rock Sioux em Dakota do Norte. Estamos profundamente incomodados pelas ações policiais que vêm ocorrendo, onde protestos não violentos foram e continuam a ser enfrentados com táticas extremamente agressivas, incluindo: ser atingidos com canhões de água em temperaturas abaixo de zero, armas químicas, balas de borracha e cães de ataque. Estes são os mesmos métodos desumanos utilizados durante a Segunda Guerra Mundial e o Movimento dos Direitos Civis.

Nós sentimos fortemente no clima político atual que aqueles no poder devem ser responsabilizados por suas ações. Nós ficamos por trás e os exortamos a agir em relação às seguintes solicitações feitas na declaração de coalizão lançado em 27 de novembro de 2016:

“NÓS APELAMOS À CASA BRANCA A NEGAR ESSA AÇÃO AGORA, REVOGAR AS AUTORIZAÇÕES, REMOVER OS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO DA DAPL, E SOLICITAR UMA DECLARAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL COMPLETO NA CONSULTA FORMAL COM OS GOVERNOS TRIBAIS IMPACTADOS. COLOQUEM UM FIM NA VIOLÊNCIA”.

Nós encorajamos vocês a se lembrarem de que este planeta nos abastece, não o contrário. A água é vida e isso não pode ser subestimado ou dado como certo em 2016.

Estamos cientes da longa e dolorosa história entre os EUA e seus povos indígenas. Saibam que os olhos do mundo e os olhos da comunidade musical estão em vocês agora enquanto vocês continuam ignorando os tratados que possuem com o povo nativo americano e agem barbaramente em relação a eles.

Standing Rock nós estamos com vocês.
Com os melhores cumprimentos,
Kate Nash • Hayley Williams, Paramore • Sia • Billie Joe Armstrong, Green Day • Walk The Moon • Sleigh Bells • Ingrid Michaelson • Julian Casablancas and Albert Hammond Jr., The Strokes • Ronnie Vannucci Jr., The Killers • Maroon 5 •Motion City Soundtrack • Moby • Tegan & Sara • Danger Mouse • Sky Ferreira • Tove Lo … Clique aqui para ver a lista completa.

Tradução e adaptação: equipe do Paramore BR
Fonte

Publicado por Jeany, arquivado em Hayley Williams, Notícias, Outros Artistas.


Em recente entrevista à revista DIY, Lauren e Martin, do CHVRCHES, comentaram brevemente sobre o Paramore, incluindo o cruzeiro em que estiveram presentes ainda esse ano, PARAHOY!. Confira a tradução abaixo.

É difícil pro CHVRCHES escolher um único melhor momento do ano. A banda tocou no festival Reading & Leeds, o que deixou Martin encantado. E ainda embarcaram num cruzeiro com uma de suas bandas favoritas, pra tocar vários shows no navio. Isso também foi um daqueles momentos de “me belisque” para a banda escocesa.
“O Parahoy foi muito legal” Lauren concorda. “Sempre fomos fãs do Paramore e da voz maravilhosa da Hayley, as letras são ótimas e eles são boas pessoas. É muito bom poder tocar com quem você tem afinidade. Uma grande experiência. E com muito vento.

Tradução e adaptação: equipe do Paramore BR
Fonte

Publicado por Jeany, arquivado em Notícias.


A conta oficial da linha de tinturas Good Dye Young publicou um texto positivo e encorajador após o resultado da eleição presidencial nos Estados Unidos. Confira a tradução abaixo!

[ O mundo precisa de você ] Achamos que seja o ideal reconhecermos que entendemos que muitos de vocês estarão passando por difíceis emoções hoje. Estamos aqui com vocês, nós os apoiamos, somos um espaço seguro para vocês.
Mas agora, mais do que nunca, o mundo precisa de você. O mundo precisa que cada um de nós sejamos o nosso eu mais autêntico. O mundo precisa que levantemos e sejamos vistos da maneira que somos como indivíduos, independente da raça, religião, identidade de gênero ou orientação sexual.
Não queremos que você tenha medo, queremos que você se sinta orgulhoso e continue sendo corajoso. Então pegue a mão de alguém, e fiquem juntos. Porque o mundo precisa de pessoas, o mundo precisa de nós.

 

Good Dye Young é a linha de tinturas para cabelo da Hayley em parceria com Brian O’Connor. Visite: gooddyeyoung.com 

 

Tradução e adaptação: equipe do Paramore BR

Publicado por Jeany, arquivado em Entrevista, Notícias, Outros Artistas.


Em um recente podcast do Going Off Track, Zac Farro comentou sobre estar gravando com o Paramore novamente, sua banda HalfNoise e mais. Veja em destaque um trecho da conversa:

Entrevistador: Vocês postaram umas fotos de vocês saindo juntos… Então, você está tocando no álbum deles. Você tocou em todos eles exceto o último…
Zac: É, isso. Eu parei de fazer shows com eles em 2010 e saí da banda. Quis fazer minhas coisas por um tempo. Como eu disse, saí da escola para estar na banda, não sabia muito o que fazer. Todo mundo ficava tipo: “Nossa, isso é tão legal! Provavelmente você sempre quis fazer isso”. Quando eu tinha a idade daquelas pessoas eu pensava “cara, eu quero ser bombeiro”. Enfim, eu precisava de um tempo para pensar. Foi difícil por um tempo porque nós todos éramos bons amigos, é como se você tivesse perdido alguém que você ama e tinha uma grande amizade. O legal disso é que Taylor, Hayley e eu estamos melhores amigos do que nunca. Taylor e eu moramos na mesma rua em Nashville, ele até tocou em alguns shows da HalfNoise comigo. Nós temos o mesmo grupo de amigos, estávamos sempre nos esbarrando. Um dia conversamos sobre tudo, nos abraçamos, e está sendo melhor do que sempre foi desde então. O mesmo com a Hayley. Eles perguntaram tipo “É meio estranho, mas você quer tocar no nosso álbum?”, e eu respondi “eu amaria, cara”, então eles me mostraram as músicas. Aconteceu meio naturalmente. Está sendo bem legal, sou muito grato. É legal que as pessoas vejam sobre segundas chances na vida. É incrível, eles me apoiam muito, gosto bastante dessas duas pessoas. Josh sempre vai ser meu irmão e eu vou amá-lo para sempre. Não importa o que passemos, sempre seremos da mesma família. Eles eram como família, mas era aquela coisa em que eu não sabia se eu teria eles de volta, sabe? Então, é muito bom resgatar essa história e então se divertir bastante tocando. Não tem clima estranho, é tudo risada e bons momentos… é muito legal.

O podcast completo (em inglês) está disponível aqui.

Tradução e aptação: equipe do Paramore BR

Publicado por Jeany, arquivado em Notícias, Outros Artistas, Vídeos.


A atriz e cantora Ashley Tisdale (Zack & Cody: Gêmeos em Ação, High School Musical) recentemente adicionou ao seu canal do YouTube um cover de “Still Into You”, do Paramore, acompanhada de seu marido Christopher French. Confira o vídeo abaixo:

Publicado por Jeany, arquivado em Hayley Williams, Instagram, Notícias.


Devido ao recente aniversário do terceiro álbum de estúdio da banda, Brand New Eyes, Hayley postou uma mensagem para os fãs no Instagram da banda. Confira:

O 3º álbum do Paramore foi lançado 7 anos atrás. Foi uma época pesada para nós como um grupo. E ainda mais obscura para alguns de nós como individuais. A última música que lançamos como single enquanto ainda éramos uma banda de 5 membros foi “Playing God”. Há muitas letras que me orgulham no BNE mas essas palavras em particular [“Da próxima vez que você apontar um dedo, eu posso ter que dobrá-lo, ou quebrá-lo”] representam muito crescimento e dores de crescimento. Obrigada, Brand New Eyes, por ser um lembrete de que, na vida, a dor é inevitável, mas não é o fim. Ela revela propósito. Caráter. Então, um brinde às nossas dores de crescimento. Só pense onde poderemos estar em mais sete anos. – Hayley

Tradução e adaptação: equipe do Paramore BR

 

Publicado por Jeany, arquivado em , Notícias.


A banda publicou em seu Instagram uma mensagem positiva e reconfortante para a fã Brit Hanna, que perdeu sua mãe recentemente. Leia a tradução abaixo:

Essa é a nossa chance de usar as redes sociais/internet para algo simples e bom. Quando você começa uma banda, não pensa nas pessoas que conhecerá por causa dela. Fomos sortudos por encontrar algumas das pessoas mais incríveis ao longo desses 12 anos. Fomos ainda mais sortudos por conhecê-los após incontáveis shows em suas cidades. Essa é a Brit. Uma das pessoas mais legais que você pode conhecer num show do Paramore. Brit perdeu sua mãe recentemente, que está na foto com ela. Elas costumavam comparecer a vários de nossos shows juntas, o que era sempre muito legal de ver. Nós adoraríamos se você pudesse usar suas forças para o bem hoje e deixar mensagens encorajadoras para Brit. A música nos uniu e a comunidade que criamos nos manterá unidos. Nós amamos você @batbrit e ver seu cabelo brilhoso e seu grande sorriso nos ajudou a passar por muita coisa durante os shows. Você superará isso e nós celebraremos a vida da sua mãe juntos no próximo show que você for. 💙

Tradução e adaptação: equipe do Paramore BR

Publicado por Jeany, arquivado em Música nova, Notícias.


O fotógrafo Jeremy Cowart lançou um projeto pelo Kickstarter que consiste na criação de um hotel com oportunidades diversas em nome de caridade e benefício. “Os sabões e xampus serão feitos por mulheres que sobreviveram à violência, vícios e outras dificuldades. A lista só aumenta. Cada quarto no hotel patrocinará a educação de uma criança, com uma placa em cada porta contando sua história”, conta a Rolling Stone.

Em explicação do projeto, Jeremy disse: “Um hotel fornecerá empregos locais, domésticos e internacionais. Patrocinaremos crianças, lutaremos contra o tráfico de pessoas e todas essas coisas incríveis. Pegue esse hotel e coloque-o em Miami, Nova Iorque, Los Angeles, Londres, Paris e ao redor do mundo todo… Está sendo divertido ver pessoas na internet dizerem: “Espera aí, isso realmente pode mudar o mundo”. É um jeito muito prático de fazer um impacto.”

Recentemente a trilha sonora do projeto foi anunciada online e o Paramore está na lista dos artistas presentes, confira abaixo:

The Purpose Hotel Kickstarter Page

Capa do álbum: The Purpose Hotel Vol. 1

Andy Davis / Dave Barnes / Hawk in Paris/ Imogen Heap / Jill and Kate / Johnnyswim / Katie Herzig / Lauren Daigle / Leagues / Marc Scibilia / Matt Stanfield / Matt Wertz / NEEDTOBREATHE / Paramore / Phillip LaRue / Remedy Drive / Secret Nation / Sleeping at Last / The Daylights / Trent Dabbs

Por enquanto, não há confirmação oficial pela banda de alguma música nova. Hayley respondeu a uma fã no Twitter:

“Isso vai ser uma nova música na trilha sonora?” 

“Nãooo! Purpose Hotel é algo que queremos fazer localmente com a nossa comunidade. Mas isso não é promoção para o nosso novo álbum!”

Todos aqueles que doarem 15 dólares ou mais, receberão o álbum digitalmente. Segundo o site ccmmagazine.com, o lançamento oficial da trilha sonora será no dia 14 de setembro.

Redação, tradução e adaptação: equipe do Paramore BR
Fonte
“The Purpose Hotel” no Kickstarter

Publicado por Jeany, arquivado em Entrevista, Notícias, Novo álbum.


Em um recente podcast da Billboard, Zac Farro comentou sobre o novo álbum da banda e a reconstrução da amizade com seus membros. Leia a matéria:

É engraçado como o tempo pode curar feridas antigas.

De volta a 2010, Zac Farro deixa o Paramore com seu irmão Josh, citando diferenças com a vocalista Hayley Williams numa dura carta pública. Paramore seguiu em frente, gravando um álbum de sucesso sem ele, mas seguindo o álbum de 2013, “Paramore”, o baterista original está de volta.
“É uma segunda chance”, Zac diz. “Eu sou tão grato por tocar no álbum, mas isso não foi o mais importante para mim no início. O que importou foi consertar essas amizades… Hayley e Taylor se tornaram grandes amigos meus novamente e eles me dão um grande apoio no meu trabalho.”
Por esses dias, Zac está intercalando seus dias entre Paramore e os preparativos do Sudden Feeling, o novo álbum do seu projeto HalfNoise, que está repleto de ondas tranquilas e que será lançado em 9 de setembro. Nele, Zac é o vocalista e o principal compositor, e você precisa vê-lo trabalhar na sua bateria pessoal quando ele está no palco.
Começando com o crescimento do Paramore de pequenos clubes à arenas, depois de volta a pequenos clubes com a HalfNoise, e então de volta ao estúdio com o Paramore, com um tempinho vivendo na Nova Zelândia – bem-vindo à vida de Zac Farro. E como está sendo trabalhar no novo álbum do Paramore? Ele contou isso tudo no último episódio do podcast da Billboard: Alt In Our Stars.

 

Confira abaixo, em destaque, partes do podcast relacionadas ao Paramore:

Zac: Fizemos o que tínhamos que fazer: restauramos a nossa amizade. (…) Taylor tocou guitarra em alguns shows da HalfNoise. Sinto que ele é como um irmão novamente, meu melhor amigo. Sempre tivemos altos e baixos na nossa amizade, ele tem 26 anos agora e nos conhecemos quando ele tinha 11… É a minha amizade mais duradoura. Sempre passamos por algumas loucuras, sabe, mas sempre restauramos nossa amizade. É o que eu espero. Eu não gosto da maneira como tudo foi para baixo. É duro quando você é novo e está em uma banda. Começamos quando eu tinha 13 anos…

Entrevistador: Então, como está o novo álbum do Paramore?
Zac: Uma das músicas é tipo… [Zac cantarolando]

Oh, você apenas tem que ouvi-la. É muito boa. Muito muito boa. Você tem que esperar para ouvir. (…) As baterias estão ótimas. (…) Eu acho que eles vão gostar. Os fãs são tipo, os melhores fãs. Eles ainda vêm para os meus shows, eles são muito fiéis e incríveis. Eles vão amar. Se você gosta de Paramore, vai amar.

Entrevistador: “Ain’t It Fun” meio que desencadeou esse novo lado do Paramore, o coral gospel… Mas ainda tem, tipo, “Fast In My Car” no álbum, ainda o rock. Então estamos nos perguntando como será…
Zac: Ainda não está acabado, então, quem sabe, talvez umas músicas hip-hop, talvez bluegrass [música popular e tradicional americana], Santana [guitarrista famoso] pode participar de algumas…
Entrevistador: Eu acho que se você chamá-lo, ele pode pensar sobre o caso. (…)

Entrevistador: Você pensa em tocar ao vivo com o Paramore novamente?
Zac: Ah, tenho momentos… Eu nem sei se isso é uma opção. Seria legal, mas eu vivo um dia de cada vez. Estou tocando no álbum, o que é bem legal, eu tenho o meu que está para chegar em 9 de setembro. Tenho minhas coisas correndo… Nós nem conversamos sobre isso, então, sei lá.

Entrevistador: Uma turnê juntos?!
Zac: Ah! Isso seria legal, quem sabe?! Só vou deixar acontecer. Se acontecer, aconteceu. Se não… Vou continuar fazendo minhas coisas. Aconteceu de eu estar tocando no álbum deles, então quem sabe o que acontece depois?

Entrevistador: Você tem ideia de quando ouviremos novas músicas [do Paramore]?
Zac: Não… Não faço ideia. O álbum nem está pronto ainda, então, provavelmente um tempo. Essas coisas levam tempo. Você tem que gravar, mixar… Tem que passar por várias coisas. Não posso lhe dar uma data.

Entrevistador: O Josh está envolvido nisso?
Zac: Não, não… Dessa vez não.

Você pode ouvir o podcast completo (em inglês) clicando aqui.

Tradução e adaptação: equipe do Paramore BR
Fonte

Publicado por Jeany, arquivado em Entrevista, Notícias, Revistas.


A nova edição da revista Kerrang! traz páginas especiais de entrevistas com os irmãos Farro, ex integrantes do Paramore desde 2010, nas quais a banda é mencionada. Confira as perguntas e respostas traduzidas abaixo.

UMA AUDIÊNCIA COM OS IRMÃOS FARRO

PARTE I: ENTREVISTA COM JOSH

É verdade que você não vai tocar nenhuma música antiga da sua carreira?
Josh: Sim, eu acho que a razão disso é o meu foco principal para a minha carreira no momento. Eu quero que as pessoas escutem as músicas e eu acredito nisso tão fortemente que isso pode ser suficiente. Eu não quero tocar mais nada além disso. Talvez eu possa fazer um cover, aleatoriamente. Mas eu acredito na Farro [sua atual banda] muito fortemente – Eu quero que o foco seja isso, e nada do passado.”

Como você se sentiu com o Zac voltando ao Paramore?
Josh: Não sei se ele está mesmo de volta, se ele está, esqueceu de me contar (risos)! É demais, quando ele me disse, pensei “Ótimo! Ele é o melhor baterista que eu conheço então é inteligente da parte deles tê-lo chamado!” Vai ajudar a deixar o novo álbum deles ainda melhor.

Há alguma chance de voltar ao Paramore um dia?
Josh: Ah, como diz Justin Bieber, “nunca diga nunca”, mas neste momento eu diria que não. No entanto, nunca se sabe o que o futuro reserva, essa é a beleza da vida. A gente planeja um certo caminho e na maioria das vezes, ela nos leva pra direção oposta. Então não estou dizendo que não!

Ficamos contentes de saber que vocês estão se falando novamente…
Josh: Sim, verdade. É um alívio. Ninguém gosta de viver com rancor. É sempre bom fazer as pazes com quem te fez mal ou a quem você fez mal, é ótimo não ter mais treta com ninguém! Foi uma das melhores coisas que me aconteceram, pra falar a verdade. É como se tivessem quebrado as correntes que me prendiam. Todo esse tempo levou o rancor embora. É um sentimento muito gratificante.

PARTE II: ENTREVISTA COM ZAC

HalfNoise soa muito diferente do Paramore, tem uma vibe mais indie pop. De onde vem essa influência?
Zac: depois de 8 anos tocando com o Paramore, quando eu saí, quis fazer algo que realmente fosse diferente. Eu não escrevo músicas punk rock ou pop punk. Tenho orgulho do meu passado e ainda escuto esses gêneros, mas no meu próprio som tem uma ponta de Tame Impala, Washed Out e The Flaming Lips. Esse sempre foi meu forte, é isso que eu curto.

Você e seu irmão deixaram o Paramore ao mesmo tempo – Como aconteceu de vocês não fazerem mais músicas juntos?
Zac: Nós estávamos pensando nisso, mas eu estava viajando e a distância me impossibilitaria de estar com ele para compor e gravar, então não deu certo. Quando voltei da Nova Zelândia ele já estava indo ao estúdio com seu projeto Farro, acabei tocando as baterias para ele. Nós seremos irmãos para sempre, eu tenho certeza que terá algo no futuro que poderemos fazer juntos.

Era um assunto delicado, e agora você está gravando as baterias do novo álbum do Paramore. Como isso aconteceu?
Zac: Bem, isso aconteceu porque todos nós ainda moramos em Nashville, é uma cidade bem pequena e nós ainda temos os mesmos amigos – especialmente Taylor e eu. Somos amigos desde que eu tinha 11 anos, e tem aquele vazio de quando você não tem mais seu melhor amigo e é tipo “Bem, então… Qual a razão? Precisamos consertar isso.” Então um dia nós tivemos uma grande conversa e as coisas simplesmente se ajeitaram. E acabamos todos saindo juntos – Hayley também. Taylor tocou guitarra em alguns shows da HalfNoise e começamos a sair novamente. Minha relação com ambos é agora melhor do que nunca. Então, sim, eles não tinham um baterista para o novo álbum e pareceu natural para eles me pedirem. Está sendo muito bom.

É muito bom ouvir isso. Você tem planos de se juntar oficialmente à banda novamente?
Zac: Isso não está em minha mente, para ser sincero, só porque eu não quero esperar isso. É que o Paramore é uma banda muito conhecida, e eles são muito ocupados, então isso naturalmente me faria deixar minha banda de lado e eu estou tão orgulhoso do que estou fazendo agora. Obviamente isso seria uma coisa incrível a se pedir, mas veremos.

Tradução e adaptação: equipe do Paramore BR


Paramore BR 2011 - 2015 - Direitos reservados.